Novo vídeo mostra segurança agredindo homem momentos antes de ser morto ao lado da esposa em loja de conveniência em Guarapuava

26/03/2024 12H45

Um novo vídeo anexado ao inquérito da Polícia Civil mostra o segurança Vanderley Antônio de Lima agredindo Rodrigo Neumann Pires momentos antes de ser morto pelo homem ao lado da esposa, a também segurança Edinéia Gonçalves Oliveira, a tiros.

Nas imagens, é possível ver o casal de seguranças discutindo com Rodrigo em frente aos banheiros da loja de conveniência. Edinéia indica a saída para o homem, que continua no local. Na sequência, Vanderley agride Rodrigo com alguns golpes e o derruba no chão, onde o homem leva um chute. Em momento nenhum, Rodrigo devolve as agressões. Assista AQUI. 

Segundo a Polícia Civil, após a discussão e as agressões, Rodrigo foi para casa, pegou um revólver, voltou ao local e disparou contra os seguranças.

Edinéia morreu na hora e Vanderley chegou a ser socorrido pelo Samu e encaminhado em estado grave ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu durante atendimento médico.

Os dois estavam casados havia sete anos e deixam quatro filhos, de 12 anos, 4 anos e dois gêmeos de 1 ano. De acordo com uma amiga próxima do casal, no dia do crime, cada um receberia R$ 120 para fazer a segurança da loja de conveniência na madrugada.

Rodrigo fugiu do local e foi localizado horas depois, escondido em uma área de mata. Ele foi autuado em flagrante por duplo homicídio, qualificado por motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas.

A pena prevista para os crimes é de 12 a 30 anos de prisão, de acordo com o Código Penal.

A polícia também investiga a possibilidade de um terceiro segurança ter sido alvo dos disparos. Caso a informação seja confirmada, Rodrigo também pode ser indiciado por tentativa de homicídio.

Por g1 PR e RPC Guarapuava

Deixei seu comentário:

Veja Mais